segunda-feira, 11 de novembro de 2013

O Senhor é o nosso Refúgio


Leia o Salmo 11

Tenho a certeza que muitos dirão que sim, pois entendem que diante de tamanha tribulação não há lugar mais apropriado para estarmos, ou seja, perseverantes no Caminho de Deus, buscando consolo, direção e força para prosseguir.
O verso primeiro de Salmo 11 relata a confiança de Davi em meio a perseguição, ou seja, ele entende que precisa estar na presença de Deus, movimentar-se segundo a orientação do Salvador. Ainda no verso primeiro, ele diz que algumas pessoas o aconselharam a fugir, no entanto, ele sabe que Deus governa, é Supremo e nada passa despercebido. Além disso, tanto o justo quanto o ímpio são provados por Deus. A desaprovação do ímpio traz condenação, pois Deus odeia o pecado. Deus é Justo, ama a justiça e, todos que são achados em Cristo, justificados pelo Sangue do Cordeiro, esses, verão a face de Deus .
O Senhor é o nosso Refúgio?  Perceba que Davi não ficou fazendo atos proféticos, determinando, fazendo campanhas, mas, ele se refugiou. Estar refugiado é repousar, aguardando por orientação, viver na dependência de Deus.
Quem repousa em Deus, sabe esperar e entende que a sua felicidade independe de estar vivendo um momento de  perseguição ou não, pois o Senhor é a sua paz.
Quem aguarda a orientação em Deus, entende que o conselho de Deus é perfeito e, ainda que homens possam dar-lhe conselhos, ele terá nas Escrituras o seu manual de segurança para orientar-se.
Quem depende de Deus enxerga a graça, ela basta. Quem depende de Deus, não põe sua esperança em coisas corruptíveis, mas vive pela fé.
A mensagem do Evangelho é para que pecadores se arrependam e sejam salvos da condenação eterna, é para que vejam em Jesus Cristo a graça imerecida e tenham Refúgio seguro.

Soli Deo Gloria


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nome:
E-mail: