terça-feira, 26 de junho de 2012

Refutando a Teologia da Prosperidade




Estamos praticamente no início do século 21, porém, enfrentando problemas que muitos dos teólogos do passado refutaram à luz da bíblia: O mundanismo na igreja, sincretismo religioso, misticismo e por ai vai. Mas um problema que ganhou muito espaço e vem iludindo boa parte das igrejas brasileiras é a Teologia da Prosperidade, sendo praticamente tema central de todos os sermões dessas igrejas. Você pode dizer que tudo isso é novo, veio com os pastores dos EUA, mas eu lhe digo que não. A igreja Romana vendia indulgências afirmando que poderia livrar as pessoas do purgatório. A igreja pregava uma teologia de dar e receber, ou seja, você teria méritos diante de Deus, dizia a igreja.
Hoje não têm sido muito diferente, pessoas estão acreditando que se derem seus bens, valores do aluguel (campanha do pr Silas Malafaia) ou qualquer outra coisa, receberão em troca muitas bençãos materiais. Querido leitor, consegue perceber a intensão do coração? Se damos uma oferta já esperando algo em troca, não damos com amor genuíno, não existe verdadeira adoração em um coração que entrega algo visando um retorno.

Se descumprimos a vontade de Deus, o Senhor rejeita todo o nosso culto, mesmo que você dê a "melhor oferta": "Ouvi a palavra do SENHOR, vós poderosos de Sodoma; dai ouvidos à lei do nosso Deus, ó povo de Gomorra.

De que me serve a mim a multidão de vossos sacrifícios, diz o SENHOR? Já estou farto dos holocaustos de carneiros, e da gordura de animais cevados; nem me agrado de sangue de bezerros, nem de cordeiros, nem de bodes.
Quando vindes para comparecer perante mim, quem requereu isto de vossas mãos, que viésseis a pisar os meus átrios?
Não continueis a trazer ofertas vãs; o incenso é para mim abominação, e as luas novas, e os sábados, e a convocação das assembléias; não posso suportar iniqüidade, nem mesmo a reunião solene.
As vossas luas novas, e as vossas solenidades, a minha alma as odeia; já me são pesadas; já estou cansado de as sofrer.
Por isso, quando estendeis as vossas mãos, escondo de vós os meus olhos; e ainda que multipliqueis as vossas orações, não as ouvirei, porque as vossas mãos estão cheias de sangue." Isaías 1:10-15


A igreja do Senhor, precisa estar com o coração puro, regenerado. Ela necessariamente, deve enxergar a vontade de Deus, o que é o evangelho, o que cristo pediu-nos para fazer, o que está no âmago das boas novas? Para sabermos as respostas, basta olharmos para a bíblia. Acompanhe a vida dos apóstolos, veja se eles ficavam com intenções no coração de ofertar para receber algo de Deus. Tenta ver Paulo como um apóstolo que trazia para si um referencial de servo de Deus com os seus bens, tente pedro, joão, tente. Veja o que Paulo pregava: "Mas o que para mim era lucro, passei a considerar como perda, por amor a Cristo." Filipenses 3:7

Silas Malafaia em seu programa do dia 22/6/2012 trazia uma palavra que mais parecia uma palestra para empresários, essas como: "10 passos para subir na vida"; "acredite, você nasceu para vencer"; "como ser rico" e etc. Ele usava como exemplo a vida de Daniel, você vê Daniel em algum momento tendo a postura do Silas? Certamente não!
Na pregação/palestra que o Malafaia ministrava, ele dizia que iria ser profeta de Deus e as nossas adversidades, toda oposição iria acabar. Falava que as portas dos céus se abririam, viria promoção de Deus. Me diz uma coisa Silas, Deus mandou você falar isso, ou é por que você quer? "Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo." João 16:33

O Malafaia gosta de ficar levantando o seu ibope com seus desafios aos blogueiros, né? Faz um desafio então Silas, Fica no nordeste, norte do Brasil, na Nigéria e profetiza a abundância de água, alimentos, emprego, saúde, profetiza e decreta o fim da perseguição na Nigéria, faz isso em seu programa, mas vai lá também, fica com eles, como muitos missionários ficam. Viva como os apóstolos do Senhor viveram, e não como esses fanfarrões de hoje vivem, em suas mansões e carros de luxo. Realmente não sei se está fazendo da arrecadação de livros, etc... uso para ter uma vida como citei acima, mas pense nisso - isso é correto?
Cristo morreu na cruz do calvário para livrar todo aquele que n'Ele cresse da ira de Deus, da condenação eterna, levantando uma igreja que pregasse a cruz, e infelizmente, estou vendo o oposto em você, seria por que a cruz é loucura para o mundo? A morte do meu Senhor no madeiro não foi para satisfazer a minha carne, tornando-me um profeta da prosperidade, mas um profeta das boas novas, ou seja, anunciando a salvação em Cristo Jesus somente.

Por último, o Silas Malafaia diz que prosperidade é fazer a vontade de Deus, e para não deixarmos de pagar as nossas contas, que bom, o aluguel vai ser pago.
Amados irmãos em Cristo, confesso que é chato vermos discussões na TV, blog, Youtube, etc... mas diante de tanta deturpação das escrituras e distanciamento do evangelho, precisamos defender a fé e incentivar à igreja do Senhor a ler mais a palavra de Deus, orar mais, pesquisar sobre a história da igreja e ver quantos e quantos homens lutaram para defender a verdade.
Deus seja engrandecido sempre, seja no momento da nossa dor, ou na hora da nossa alegria.
Vamos parar de brincar de profetizar e tentar saber qual é a real vontade de Deus, como podemos ganhar almas, como contribuir para as missões, ser um missionário, ajudar as viúvas. Chega de estrelismo, chega de cantores cobrando o que cobram para cantar nas ruas ou igrejas, basta! Voltemos às origens do evangelho.

Graça e paz

Soli Deo Gloria.




































Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nome:
E-mail: