segunda-feira, 30 de maio de 2016

Referência


Muitos pensam que o homem é a referência de todas as coisas, ledo engano! Tenta-se resolver os problemas econômicos e raciais de forma vil, por meio da corrupção milenar e passando pelo ódio à cor da pele. Seja o manifestante pela igualdade de classes ou o individualista que só quer vender o seu produto, seja o branco, negro, ruivo ou Índio, todos errarão se o homem for a referência. Normalmente é.

 O homem precisa de Deus para sua orientação e, para conhecermos a sua vontade, oramos e lemos as Escrituras.
 Ele nos trás a liberdade com a responsabilidade de olharmos para o próximo, sem usurparmos o bem do meu semelhante, nem ser insensível com o desfavorecido; sem eu criar barreiras entre cultura afro, branca ou indígena - não digo aqui que toda cultura é sinônimo de bom e, precisamos absorver tudo, não! Lembre-se, Deus é a referência, o centro de nossa existência, mas falo de evitarmos os guetos que promovem o ódio sem se dar conta disso. Isso também serve para os cristãos.

Se somos um povo que nos orgulhamos da cruz de Cristo, Ele é a nossa referência. Isso precisa estar bem evidente, a ponto de nossas atitudes denunciarem a quem servimos: "Pouco tempo depois, os que estavam sentados ali perto disseram a Pedro: "Certamente você é um deles. Você é galileu!" (João 18: 70). E mesmo que Pedro tenha negado a Cristo nesse episódio, ele foi aquele que se atirou ao mar quando viu Jesus ressuscitado na praia. Cristo era a sua referência.

Sim, somos todos pecadores, no entanto, temos um Senhor que restaura a nossa alma e nos dá sabedoria: Cristo Jesus o Centro de nossas vidas.

 Quando Deus for a nossa referência, não colocaremos os nossos interesses acima da direção de Deus, antes, viveremos para que Ele seja exaltado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nome:
E-mail: